31.10.2017

BRAZTOA anuncia vencedores do Prêmio Braztoa de Sustentabilidade 2017/2018

A Braztoa anunciou os vencedores do Prêmio Braztoa de Sustentabilidade 2017/2018 na noite da última segunda-feira, 30/10, em cerimônia no Hotel Recanto Cataratas, em Foz do Iguaçu.

A Pousada Piuval, de Poconé, no Pantanal mato-grossense, levou o Prêmio Top Sustentabilidade e ganhou, além de um vídeo exclusivo, produzido pelo Ministério do Turismo, uma bolsa de estudos 100% (cem por cento) no curso de Pós-Graduação EAD – Inovação E Empreendedorismo em Negócios Turísticos Sustentáveis do SENAC, que também vai dar uma consultoria para os vencedores de cada categoria.

O case da empresa, que concorreu na categoria Meios de Hospedagem, é o trabalho com reuso de água, reciclagem de lixo e ações socioculturais para formar novos guias de turismo na cidade. O empreendimento se tornou referência em estações de tratamento de água ao chegar à marca de dez mil litros reciclados por dia, feito adquirido com a reutilização da água usada em pias, chuveiros e ar condicionado, direcionada para vasos sanitários.

Além disso, a pousada tem fortes ações socioculturais. Não só todos os colaboradores são da região, como a Piuval é parceira do projeto guia mirim, para formar novos guias no destino.

Durante a cerimônia, a Braztoa também anunciou que a edição 2018/2019 do Prêmio será em Ilhabela.

Os premiados foram selecionados entre as 79 iniciativas cadastradas, número recorde entre todas as edições da premiação, por uma banca de jurados, composta por Alexandre Garrido (ABNT), Ariane Jane (Global Ecotourism Network), Caco de Paula (Agência Auá Brasil), Federico Asper (Espertise Investigación), Helena Costa (UNB), Isabel Barnasque (Ministério do Turismo), Jessica Kobayashi (SENAC) e Mariana Aldrigui (USP).

Saiba mais sobre os vencedores dentro de cada categoria:

 

• Associados Braztoa

– BWT Operadora

Desde 2015, a operadora paranaense BWT, que já atua no mercado há 21 anos, desenvolve o projeto “Better World Together”, que reúne uma série de iniciativas para fazer o mundo melhor, que vão de prevenção desde iniciativas para prevenir o câncer até a reciclagem de materiais. Um exemplo de sua busca por um mundo menos poluído é a campanha Adote uma Caneca, cujo intuito é chegar à marca zero de copos descartáveis dentro da empresa. A última ação do projeto é o Trem do Natal da Melhor Idade e das Crianças, em que são beneficiadas mais de 500 pessoas com um dia sobre os trilhos, na ferrovia que liga Curitiba a Morretes (PR).

 

• Agências de Viagem

– Baluarte Pousada e Ecoturismo

A fim de desenvolver o potencial turístico de Tutoia, no Maranhão, a Baluarte Pousada e Ecoturismo criou “Passeio Circuito Praias”, cuja ideia é inserir o turista dentro da comunidade de pescadores da região, que fica entre o Delta da Parnaíba e os Lençóis Maranhenses. Durante a atividade, os interessados podem conhecer as atrações naturais, os artesanatos e a culinária local, à base de frutos do mar, entrando em contato com os moradores. Dessa forma, pretende-se valorizar as iniciativas da população, buscando soluções para estimular o comércio e diminuir a migração de famílias para outras cidades.

 
• Resorts

– Sofitel Guarujá Jequitimar

O resort, localizado no litoral de São Paulo, já não produz mais efluentes líquidos – o esgoto. O estabelecimento antes seguia a regra geral enviando o esgoto para que a empresa de tratamento desse o destino correto. Com o projeto “Emissão Zero”, conseguiu reverter essa regra tratando todos os efluentes líquidos. A água tratada é reutilizada em diversas outras atividades do hotel, como na refrigeração das torres de ar-condicionado. Esse posicionamento sustentável também contribuiu na redução do consumo de água. Em 2014, o Sofitel, deixou de gastar R$ 800 mil de consumo de água, graças ao sistema de reaproveitamento.

 
• Meios de Hospedagem

– Pousada Piuval – MT

O case da empresa, que concorreu na categoria Meios de Hospedagem, é o trabalho com reuso de água, reciclagem de lixo e ações socioculturais para formar novos guias de turismo na cidade. O empreendimento se tornou referência em estações de tratamento de água ao chegar à marca de dez mil litros reciclados por dia, feito adquirido com a reutilização da água usada em pias, chuveiros e ar condicionado, direcionada para vasos sanitários. Além disso, a pousada tem fortes ações socioculturais. Não só todos os colaboradores são da região, como a Piuval é parceira do projeto guia mirim, para formar novos guias no destino.

 
• Parceiros do Turismo

– Cataratas do Iguaçu S/A

O Grupo Cataratas S.A. é a principal concessionária de serviços de turismo sustentável no Brasil atualmente. O programa “Cadeia de Valor para a Conservação no Parque Nacional do Iguaçu”, tem foco no relacionamento com as comunidades, apoiando causas sociais, privilegiando a contratação de moradores e fornecedores da região. Só em 2017 o projeto ajudou cerca de 500 micro e pequenas empresas vizinhas do Parque Nacional do Iguaçu, gerando mais de R$ 40 milhões em renda. Com esse projeto, o grupo se insere na comunidade em volta do parque, incentivando que atividades como o extrativismo, a caça e a agricultura com agrotóxico sejam trocadas por outras que tenham como foco atividades turísticas e sustentáveis. Neste ano, 70% das compras de bens e serviços do Cataratas S.A. foram de fornecedores de municípios vizinhos ao parque.

 
• Projetos Inovadores

– CEFET RJ / Petropolis

Com o objetivo de estimular o turismo em áreas protegidas, os alunos da CEFET desenvolveram um projeto de turismo astronômico para as regiões no Castelos do Açu, em Petrópolis, nos limites do Parque Nacional da Serra dos Órgãos. O passeio de baixo impacto à natureza é voltado para quem gosta de observar fenômenos que acontecem no céu, como eclipses, chuvas de meteoros e apreciar galáxias e constelações. Com a realização desses roteiros, pretende-se promover o turismo do local, criando alternativas de trabalho para a população e encorajando novos empreendimentos no setor. Ao levar os turistas a essas áreas de preservação ambiental, espera-se sensibilizá-los sobre a importância da conservação desses locais.

 

• Menção Honrosa

Estância Mimosa Ecoturismo S/A

Entre as ações desenvolvidas pelo projeto de sustentabilidade da Estância, estão o uso responsável de recursos naturais e busca constante da minimização dos possíveis impactos ambientais e sociais negativos decorrentes da atividade turística; a prioridade na contratação de mão de obra local; e a venda de artesanato somente de produção regional para valorizar a cultura da região. Atualmente, o empreendimento é um modelo de ecoturismo, principal atividade econômica da empresa. Em 2013, foi criada uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) para proteger a biodiversidade da região. A reserva fica nos arredores da Serra da Bodoquena, entre as elevações, escorre o rio Mimoso, que alimenta várias cachoeiras em seu percurso. O solo calcário da região é responsável pela coloração especial das quedas.

 

• Menção Honrosa

Untamed Angling do Brasil

Com objetivo de estimular a pesca esportiva de maneira sustentável, a Untamed Angling desenvolveu o projeto “Turismo de Base Comunitária em Parceria com Comunidades Indígenas na Amazonia”, na região do Rio Marié, no Amazonas. Uma iniciativa pioneira em ações turísticas com parceria com os índios. A região para o desenvolvimento do programa fica dentro de uma reserva que reúne 14 comunidades. Essa união visa à preservação ambiental, à inclusão social e ao protagonismo dos povos na gestão dos projetos.

A iniciativa se tornou viável graças a parcerias com a Fundação Nacional do Índio (FUNAI) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA). O turismo de pesca na região é estruturado dentro de um acordo com um plano de manejo da pesca da Associação das Comunidades Indígenas do Baixo Rio Negro (ACIBRN), que dá suporte às comunidades para realizar a gestão e fiscalizar a área para garantir a sustentabilidade e respeitar os ciclos de vida dos peixes.

A estrutura de hospedagem desses turistas também foi pensada de modo que impactasse menos a região. O Untamed Amazon (um barco-hotel) é a primeira embarcação de seu tipo na Amazônia que utiliza 100% de geração de energia solar para todo o uso de eletricidade. Acontece ainda, dentro da embarcação, todo o tratamento do lixo orgânico, esgoto, processamento reciclagem do lixo inorgânico e uso de alimentos locais sempre que possível, de modo a evitar qualquer tipo de risco à natureza.

 

• Menção Honrosa Internacional

Rain Forest Alliance

Sobre a premiação
A melhor iniciativa classificada é declarada TOP Sustentabilidade e ganha, além de um vídeo exclusivo, produzido pelo Ministério do Turismo, uma bolsa de estudos 100% (cem por cento) no curso de Pós-Graduação EAD – Inovação E Empreendedorismo em Negócios Turísticos Sustentáveis do SENAC.

Todos os premiados, desde a primeira edição, podem ser visualizados no site: Turismo Sustentável no Brasil: Iniciativas Premiadas – Braztoa e Ministério do Turismo (http://iniciativassustentaveis.turismo.gov.br/), uma parceria entre Braztoa e o Ministério do Turismo, disponível em três idiomas e que serve como fonte de consulta para parcerias e turistas, nacionais e internacionais, que buscam por experiências de viagem mais sustentáveis.

Para completar, os ganhadores dentro de cada categoria do prêmio terão direito a uma consultoria educacional para melhor desenvolver as suas iniciativas proporcionada pelo SENAC, seja presencialmente (no caso de São Paulo) ou à distância (outros estados).

Sobre o Prêmio Braztoa de Sustentabilidade: www.braztoa.com.br/premio/
Patrocínios: Argentina
Parceiros Institucionais: Ministério do Turismo, OMT e ONU Meio Ambiente.
Parceiros de Mídia: Brasilturis, Diário do Turismo, Mercado & Eventos, Panrotas e Travel 3.
Apoio: SENAC

 
Sobre o Programa Braztoa de Sustentabilidade

Desde 2005, a Braztoa tem realizado fortes investimentos em ações de sustentabilidade, buscando estimular e auxiliar seus associados a promover boas práticas do turismo sustentável, tornando-o cada vez mais responsável e voltado ao tripé da sustentabilidade.

Esse posicionamento fez com que a entidade também se tornasse membro da OMT (Organização Mundial do Turismo), tornando o Prêmio Braztoa de Sustentabilidade o primeiro do mundo a ter a chancela do órgão.

Em 2011 a BRAZTOA criou o Programa Braztoa de Sustentabilidade (PBS), para demonstrar os benefícios de incorporar a sustentabilidade à gestão das empresas e da própria associação, dando ênfase aos pilares sociocultural, ambiental e, sobretudo, econômico.

Deste programa, nasceram importantes ações, dentre elas, o Prêmio Braztoa de Sustentabilidade, o SEEDS (Semeando a Excelência do Desenvolvimento Sustentável) e a parceria com a ONG Colmeia, que visa promover ações de capacitações entre estudantes e operadores Braztoa, com o intuito de inserir esses jovens no mercado de trabalho com mais experiência e expertise em turismo.

Em 2017 a BRAZTOA passou a ter o entendimento de que todas as atividades associativas que desenvolve visam a sustentabilidade do setor e o Programa Braztoa passa a abranger as demais ações: institucionais, de fomento do setor e de promoção e apoio à comercialização.

Informações à imprensa – Agência Guanabara
Diego Sierra – diego@agenciaguanabara,com.br
Tais Santos –tais@agenciaguanabara.com.br
11. 3062-6399