,

29.10.2018

Conheça os vencedores do Prêmio Braztoa de Sustentabilidade 2018/2019

O Hotel Sesc Porto Cerrado, de Mato Grosso, foi o grande premiado da noite

A Braztoa anunciou os vencedores do Prêmio Braztoa de Sustentabilidade 2018/2019 na noite da última sexta-feira, 26/10, em cerimônia no Pier 151, em Ilhabela, no litoral de São Paulo, destino anfitrião da Convenção Braztoa 2018.

“Trabalhamos diariamente com sustentabilidade e o prêmio faz parte desse guarda-chuva. Somos reconhecidos pela Organização Mundial do Turismo (OMT) e estamos também com a Organização das Nações Unidas (ONU). O evento cresce anualmente e traz reconhecimento para os ganhadores. Parabéns para estas empresas que resolveram romper com o conformismo. Todos estes projetos nos enchem de orgulho”, disse a presidente da BRAZTOA, Magda Nassar.

Com 143 inscritos, 75 projetos apresentados e 18 finalistas, o prêmio contou com seis categorias: Agências de Viagem, Associados Braztoa, Meios de Hospedagem, Resorts, Parceiros do Turismo e Projetos Inovadores, além de duas menções honrosas nacionais e uma internacional.

O grande vencedor da noite foi o Hotel Sesc Porto Cerrado, de Mato Grosso, que, além de faturar o prêmio na categoria Meios de Hospedagem, foi o vencedor do Top Sustentabilidade, por receber a maior nota entre todos os finalistas do prêmio, com o projeto “Educação Ambiental e Ecotécnicas”

A primeira usina solar do Pantanal entrou em funcionamento em novembro de 2017 como iniciativa do Hotel Sesc Porto Cercado, em Poconé, no Mato Grosso. Com 1.240 placas, a usina já produz energia para suprir 50% da necessidade do hotel, que há 16 anos aprimora práticas de sustentabilidade em suas instalações. São 142 apartamentos construídos para oferecer ao público contato com o bioma e a cultura pantaneira.

“O sentimento é de muito orgulho por este trabalho que a gente desenvolve há mais de 20 anos. Nosso projeto tem sustentabilidade social, econômica e ambiental, então fazemos um trabalho que consegue fechar toda uma cadeia”, comemora Christiane Caetano, superintendente do Sesc Porto Serrado.

Confira os vencedores da noite:

• Categoria Agências de Viagem
Vivejar: um case de turismo responsável

A Vivejar é uma empresa do sistema B, movimento que dissemina o desenvolvimento sustentável e equitativo. Quando fundou a empresa, Marianne Costa tinha o objetivo de oferecer experiências em destinos turísticos em que seus roteiros tivessem impacto no desenvolvimento da economia local e no empoderamento de mulheres, especialmente. Dos três destinos iniciais, hoje a empresa conta com sete destinos em que os protagonistas são as comunidades. “Nossa proposta é colocar produtos de turismo responsável na prateleira”, resume Marianne.

• Categoria Associados Braztoa
Beto Carrero World: nasceu um parque, floresce uma floresta

A preservação da natureza era o objetivo principal do empresário João Batista Sérgio Murad, quando adquiriu terrenos em Penha, no litoral catarinense, somando hoje 14 milhões de metros quadrados, em parte deles instalado o Beto Carrero World, um dos mais tradicionais parques temáticos do país. Dessa área, cinco milhões de metros quadrados são intocados, quase o dobro do exigido pela legislação. Trata-se de área de mata atlântica preservada, que fez surgir o conceito de parque com floresta.

• Categoria Meios de Hospedagem
Pousadas Vila Kalango e Rancho do Peixe – Sustentabilidade como direcionamento principal do negócio

Preservação do meio ambiente e sustentabilidade foram preocupações dos proprietários da Pousada Vila Kalango desde sua construção, em 1999, em Jericoacoara (CE). A pousada ocupa pouco mais de 30% dos cerca de cinco mil m² do terreno, em desenho que priorizou a vegetação existente, mantendo intactos os coqueiros centenários. Em 2004, quando o Rancho do Peixe foi construído na praia do Preá, a preocupação foi a mesma, observando-se a circulação dos ventos para dispensar o uso de ar-condicionado, além da elevação dos bangalôs do chão, permitindo que os ventos continuassem a correr pela área.

• Categoria Resorts
Hotel Sesc Porto Cercado – Educação Ambiental e Ecotécnicas

A primeira usina solar do Pantanal entrou em funcionamento em novembro de 2017 como iniciativa do Hotel Sesc Porto Cercado, em Poconé, no Mato Grosso. Com 1.240 placas, a usina já produz energia para suprir 50% da necessidade do hotel, que há 16 anos aprimora práticas de sustentabilidade em suas instalações. São 142 apartamentos construídos para oferecer ao público contato com o bioma e a cultura pantaneira.

• Categoria Parceiros do Turismo
Recanto Rio da Prata – Na pegada da sustentabilidade

Fazenda de pecuária de corte, em 1995 a família que administra a Cabeceira do Prata criou o Recanto Ecológico Rio da Prata, abrindo suas portas para o turismo sustentável. Para assegurar a visitação turística de modo responsável, em 1999 foi estabelecida, em parte da fazenda, a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN). A gestão tem como prioridade o uso responsável dos recursos naturais e a minimização dos impactos ambientais nas atividades oferecidas, sejam as flutuações e mergulhos nos rios ou na Lagoa Misteriosa, dentro da propriedade, ou as trilhas e visitas a projetos.

• Categoria Projetos Inovadores
Anhembi Morumbi – Caminho de Nazinha

O professor Ricardo Frugoli observou que a romaria de cerca de 80 quilômetros entre as cidades de Castanhal e Belém, no Pará, antecedendo o Círio de Nazaré, mobiliza anualmente milhares de romeiros. O projeto “Caminho de Nazinha” visa promover infraestrutura sustentável para o percurso, consolidando-o como um roteiro de turismo religioso. Além da infraestrutura física, com a instalação de latas para coleta seletiva de lixo e demarcação da rota, o projeto tem o objetivo de conscientizar os participantes sobre os impactos ambientais da romaria, educando-os ambientalmente.

• Menção Honrosa Nacional Sociocultural

– Associação Garupa, Associação das Comunidades Indígenas e Ribeirinhas (ACIR) e Instituto Socioambiental (ISA) – (SP/AM/SP)
A parceria iniciada em 2013 entre a Associação Garupa, a Associação das Comunidades Indígenas e Ribeirinhas (ACIR) e o Instituto Socioambiental (ISA) renderam em 2017 as primeiras expedições para as terras indígenas do Médio Rio Negro I e II, a partir de Santa Isabel do Rio Negro. Além de assegurar a preservação e conservação do território indígena, o projeto valoriza a divisão de trabalho nas comunidades, com rodízio de membros participantes, aumentando as perspectivas para jovens e contribuindo para diminuir a migração para zonas urbanas.

• Menção Honrosa Nacional Ambiental

– Roraima Adventures – Diretrizes de conservação da trilha ao Monte Roraima
Um dos trekkings mais desejados por aventureiros e amantes da natureza, o Monte Roraima, que tem 80% de sua superfície em território venezuelano, inclusive o acesso, sofre as consequências da desatenção da Venezuela em relação às questões ambientais. Ainda assim, a Roraima Adventures, agência com sede em Boa Vista (RR), conseguiu unir diferentes agentes em três edições de mutirões de limpeza da montanha. A ação de recolhimento de lixo incluiu também o trabalho de conscientização e fiscalização para que novos mutirões não sejam necessários.

• Menção Honrosa Internacional
– World Animal Protection
ONG que há 50 anos trabalha no mundo todo pela proteção e bem-estar dos animais, ajudando a evitar maus tratos e o sofrimento desnecessário de milhões de animais silvestres, domésticos, de fazenda e em situações de desastres. No trabalho com animais silvestres, há a campanha “Silvestres. Não Entretenimento”, projeto da ONG ligado diretamente ao desenvolvimento do turismo consciente e responsável com fauna silvestre, em que trabalhamos para erradicar o abuso de animais no entretenimento turístico.

Todos os projetos vencedores podem ser encontradas no site Turismo Sustentável no Brasil. Iniciativas Premiadas. O endereço dá acesso ao Mapa do Turismo Sustentável no Brasil, iniciativa da BRAZTOA em parceria com o Ministério do Turismo, que mostra todas as ações premiadas na categoria Top Sustentabilidade desde 2012. Além disso, o MTur produz vídeos institucionais desses ganhadores.
A BRAZTOA ainda promove a divulgação dos premiados no Anuário Braztoa, onde dá visibilidade aos vencedores do Prêmio e mostra detalhes das suas ações, para que elas sirvam de exemplo para outros e sejam replicadas. A publicação está disponível no site www.braztoa.com.br.
O evento, que teve transmissão ao vivo pelo Facebook da BRAZTOA, também fez a sua parte, contribuindo com o desenvolvimento de tecnologias limpas, quantificando e compensando 100% das emissões de CO2 provenientes das equipes de montagem, realização e desmontagem. Esse trabalho é feito por meio da compra de Créditos de Carbono de projetos socioambientais certificados, do Programa Evento Neutro da ECCAPLAN, parceira da Braztoa nesse projeto. Essa prática tem sido adotada pela Associação desde a primeira edição do Prêmio Braztoa de Sustentabilidade.

Patrocínio: CNC
Destino Anfitrião: Ilhabela
Parceiros Institucionais: Ministério do Turismo, ONU e UNWTO
Parceiros Estratégicos: Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur)
Apoio: ABAV, ABR, CLIA, Copa Airlines, Associação Comercial e Empresarial de Ilhabela
Consultoria: ECCAPLAN

Sobre o Prêmio Braztoa de Sustentabilidade
Criado em 2012, o Prêmio Braztoa de Sustentabilidade é o primeiro do mundo a ter a chancela da OMT (Organização Mundial do Turismo) e já possui mais de 439 projetos cadastrados e 71 iniciativas premiadas, provenientes de todas as regiões do Brasil.

Todos os projetos vencedores podem ser encontradas no site Turismo Sustentável no Brasil. Iniciativas Sustentáveis. O endereço dá acesso ao Mapa do Turismo Sustentável no Brasil, iniciativa da BRAZTOA em parceria com o Ministério do Turismo, que mostra todas as ações premiadas na categoria Top Sustentabilidade desde 2012. Além disso, o MTur produz vídeos institucionais desses ganhadores.

A BRAZTOA ainda promove a divulgação dos premiados no Anuário Braztoa, onde dá visibilidade aos vencedores do Prêmio e mostra detalhes das suas ações, para que elas sirvam de exemplo para outros e sejam replicadas. A publicação está disponível no site www.braztoa.com.br.

Informações à imprensa
Agência Guanabara
Diego Sierra – diego@agenciaguanabara.com.br
Tais Santos – tais@agenciaguanabara.com.br
11. 3062-6399 – www.agenciaguanabara