FAQ

A Braztoa é uma associação privada que congrega um grupo de cerca de 100 empresas de turismo, presentes em todos os estados brasileiros – uma das mais importantes entidades do setor no país. Esclareça aqui as principais dúvidas sobre a nossa entidade.

InstitucionalO setor turísticoAtuação da Braztoa

Quem são os associados Braztoa?

A associação é formada por operadoras de turismo que atuam tanto no mercado doméstico quanto no internacional (emissivo e receptivo), somadas a Representantes (representam empresas de serviços turísticos do exterior), Colaboradores (empresas especializadas na promoção e/ou comercialização de produtos e/ou serviços turísticos) e Convidados (empresas que atuam direta ou indiretamente no setor turístico: Destinos, Meios de transportes, Meios de Hospedagem, Receptivos, Locadoras de Veículos, Atrativos, Instituições Financeiras e outras empresas que contribuem para a cadeia produtiva do setor).



Como nasceu a Braztoa?

A Braztoa foi fundada em 1989, sob o nome Associação Brasileira de Operadores de Turismo Internacional. É esta a origem da sigla Braztoa (Brazilian Tour Operators Association). A entidade nasceu do desejo de inserir o Brasil no mercado mundial de turismo – que, já naquela época, dava sinais de que teria expansão acelerada. Em 1994, ela se fundiu com a Cobrat, associação que congregava as operadoras especializadas em destinos nacionais.



A Braztoa é uma entidade representativa, com presença forte no mercado?

Sem dúvida. Atualmente, 90% dos pacotes turísticos vendidos no Brasil – tanto para destinos nacionais quanto para internacionais – são criados pelas operadoras de turismo que fazem parte da Braztoa. As últimas estatísticas coletadas pela associação, referentes a 2013, impressionam: - Faturamos R$ 11,1 bilhões - Transportamos 5,91 milhões de passageiros - Estamos presentes em todos os estados do Brasil - 82% das empresas associadas são de médio ou grande porte



Comprar com uma operadora filiada à Braztoa traz alguma garantia ao consumidor?

Para fazer parte da Braztoa, a operadora de turismo precisa ter ao menos três anos de atuação no mercado e atender a critérios técnicos, éticos e financeiros, além de ser aprovada em votação pela assembleia. Isso não é uma garantia absoluta, mas é um diferencial de peso para os passageiros.