08.11.2017

Prêmio Braztoa de Sustentabilidade 2017/2018 – Estância Mimosa

Saiba mais sobre a ação da Estância Mimosa, que recebeu Menção Honrosa Nacional no Prêmio Braztoa de Sustentabilidade 2017/2018.

Estância Mimosa
O modelo de ecoturismo da RPPN Estância Mimosa
Do pasto ao paraíso
Onde antes se criava de gado, hoje aproveita-se das cachoeiras e lindas paisagens naturais. A Estância Mimosa viu no ecoturismo uma solução econômica mais sustentável.

No fim dos anos 1990, a área em que hoje encontra-se a Reserva Particular do Patrimônio Natural da Estância Mimosa, em Bonito, me Mato Grosso do Sul, era utilizada apenas para criação de gado. Por isso, parte da vegetação tinha sido desmatada para a criação de um pasto. Em 1998, o terreno foi comprado pelos atuais proprietários com o desejo de desenvolver ecoturismo. Nascia a Estância Mimosa, que, desde o princípio, pensou em como receber o turista de forma sustentável.
Entre as ações desenvolvidas pelo projeto de sustentabilidade da Estância, estão o uso responsável de recursos naturais e busca constante da minimização dos possíveis impactos ambientais e sociais negativos decorrentes da atividade turística; a prioridade na contratação de mão de obra local; e a venda de artesanato somente de produção regional para valorizar a cultura da região.
Atualmente, o empreendimento é um modelo de ecoturismo, principal atividade econômica da empresa. Em 2013, foi criada uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) para proteger a biodiversidade da região. A reserva fica nos arredores da Serra da Bodoquena, entre as elevações, escorre o rio Mimoso, que alimenta várias cachoeiras em seu percurso. O solo calcário da região é responsável pela coloração especial das quedas.